01-armazenamento

O armazenamento de materiais para a formação de estoques ou para matérias primas é de fundamental importância para as empresas, notadamente para aquelas que precisam de maior produtividade, exigindo maior rotatividade nos materiais.

Existem métodos específicos, como o sistema “Just in time”, que permitem manter o controle de materiais com uma formação mínima de estoques, e o “Kan Ban”, que controla os materiais através de um sistema de cartões e de cores.

O melhor método para o armazenamento é aquele que permite estocar matérias primas, peças em processamento ou produtos acabados, ao mesmo tempo em que acelera o ritmo do trabalho, oferecendo maior produtividade.

Além disso é necessário também estabelecer um armazenamento que possa reduzir os acidentes de trabalho, trazer menos desgaste aos equipamentos e menos problemas administrativos.

Mecanização do armazenamento

Para se medir o perfil de empresa, um dos termômetros é o índice de mecanização de suas unidades, incluindo o armazenamento e a manutenção do material.

São as condições de trabalho implantadas que permitem a melhoria contínua, servindo de base para a melhor forma de armazenamento e das condições de operação do almoxarifado, criando um layout propício para o correto armazenamento de sólidos, líquidos ou gases.

Existem casos específicos em que a melhor condição é alterar o estado físico natural do material no armazenamento para melhor aproveitamento de suas condições. Por exemplo, tendo em vista que os gases exigem contentores adequados e resistências à pressão, que os líquidos devem ser contidos e transportados em tambores ou tonéis compatíveis com sua condição e que os sólidos permitem ser manuseados de diferentes maneiras, é necessário também estabelecer condições para que cada tipo de material seja armazenado de forma eficiente.

O sistema correto de armazenamento influi diretamente no aproveitamento da matéria prima e nos meios de movimentação, reduzindo perdas e evitando extravios, favorecendo, dessa maneira, nos custos de materiais, que irão se refletir diretamente na relação custo x benefício do produto final.

O correto armazenamento dos materiais é uma condição fundamental para o almoxarifado, já que um espaço bem organizado permite otimizar a estocagem com melhor aproveitamento.

Nesse caso, é necessário um planejamento detalhado, desde a fase inicial do projeto de armazenamento até a sua operacionalização, levando em conta a escolha do local, suas características físicas, a seleção dos equipamentos de transporte, as estações de trabalho, ou seja, tudo o que envolve a criação de um layout específico para o correto armazenamento.

O layout do armazenamento deve ser revisado de tempos em tempos, para torna-lo adequado às necessidades da empresa, principalmente naquelas que investem em mecanização e em evolução tecnológica de equipamentos, métodos e processos.

Assim, não existe um critério de padrão para o armazenamento, mas uma avaliação e adequação do layout, dependendo das metas a serem atingidas e dos fatores que influenciam diretamente no fluxograma da atividade realizada pela empresa.

Ao estabelecer o layout do armazenamento, portanto, é preciso também verificar a necessidade de modificação, de inovação no sistema e da implantação de novas condições, já que tudo pode afetar diretamente nos equipamentos, na mão de obra e até mesmo na área disponibilizada para o almoxarifado.

O lançamento de um novo produto ou o fim da produção de uma linha de montagem envolvem mudanças na estrutura do armazenamento, assim como a variação da demanda, a atualização das instalações e do próprio ambiente de trabalho, sempre com o objetivo de manter a redução de custos.

Diferenças exigidas pelo armazenamento

Existem diferenças entre o layout de um produto e de um processo. Enquanto o primeiro é linear, o segundo é funcional. Enquanto o primeiro se presta à fabricação de um ou de alguns tipos de produtos padronizados, para manter uma produção elevada, o segundo é o ideal para uma produção flexível, que possa atender a pedidos especiais e para volumes de produção de itens isolados.

O layout do armazenamento, portanto, melhora a movimentação e devem ser adaptados à necessidade de produção, podendo equilibrar a mão de obra e os equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *