Armazenagem: entendendo o seu funcionamento

10-armazenagem

Entender a importância da armazenagem é uma exigência, já que a administração moderna exige maior racionalidade na manutenção dos estoques. O armazenamento representa capital e, se não for racionalizado, torna-se prejudicial à saúde financeira da empresa.

A armazenagem é mais do que uma necessidade no sistema logístico, devendo ser vista como uma conveniência econômica. As mercadorias podem ser colocadas em pontos de demanda, sem a necessidade de armazenagem nos estoques.

Contudo, o efeito dessa atitude pode ser o prejuízo na produção, uma serviço mal prestado, uso ineficiente dos serviços de transportes e tudo isso provoca perda de rendimentos e aumento de despesas.

Armazenagem é essencial para a organização

Uma empresa só pode deixar de lado a armazenagem quando tiver uma organização excelente em programação e em gerenciamento dos processos de abastecimento. Contudo, para chegar a esse nível, os gestores devem estar capacitados e atentos aos movimentos da demanda, sabendo exatamente quando começar o processo de reposição, seja de matéria prima ou de mercadorias e insumos.

E é exatamente aí que acontecem as falhas, uma vez que existe dificuldade em captar informações do mercado e apresentar números fiéis à necessidade. O que, portanto, significa que, enquanto não houve uma verdadeira sintonia entre o ritmo de produção e o de vendas, sempre haverá a necessidade da armazenagem em qualquer ponto da cadeia produtiva.

Diante disso podemos compreender que o serviço de armazenagem produz impacto direto no nível de serviço oferecido aos clientes. Os fundamentos da armazenagem, dessa forma, devem ser conhecidos e estruturados de forma a auxiliar as empresa a atingir seus objetivos.

O sistema de armazenagem não é tão simples quanto parece. O gerenciamento da armazenagem apresenta alguma complexidade devido à interdependência dos departamentos da empresa e da cadeia de fornecimento.

Alguns fatores são importantes para entender a importância da armazenagem, e podemos entender esse ponto a seguir:

1.      Necessidade de compensar as capacidades diferentes das fases de produção

Essa necessidade acontece quando se torna necessário otimizar a preparação do maquinário e também quando é preciso manter uma reserva técnica de estoques para garantir a produção.

2.      Equilíbrio sazonal

O equilíbrio sazonal exige a manutenção da armazenagem, principalmente quando se trata de produtos agropecuários, como a colheita de determinados produtos, ou quando se prepara produtos para uma data festiva, como as festas de final de ano.

3.      Garantia de continuidade de produção

Armazenagem é ponto crucial quando é necessário regular a produção, principalmente quando o fornecimento depende de matérias primas ou produtos semiacabados, que somente são conseguidos com programação de longo prazo.

4.      Custos e especulação

A armazenagem também é importante quando é necessário aguardar melhor oportunidade de lucros ou de estabilização de conjunturas externas, como a perspectiva de aumento dos preços dos produtos, por exemplo.

Contudo também existem fatores que trazem impactos negativos para a armazenagem, como instalações físicas, mão de obra, equipamentos e movimentação dos materiais no armazém.

A armazenagem exige espaço físico próximo à organização, podendo os produtos serem movimentados e transportados de acordo com a necessidade de distribuição.

Por outro lado, é importante entender que a empresa possui razões práticas para fazer a armazenagem, reduzindo custos de transporte e produção, coordenando suprimentos e demanda, auxiliando no processo de produção, etc.

A armazenagem em qualquer empresa é uma parte vital para a organização. Na prática, é um dos grandes pilares da logística interna da organização e deve ser cuidada para que a empresa tenha condições de prosseguir com sua atividade dentro do planejamento estratégico necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *