Coisas que talvez você não sabia sobre a logística

Coisas que talvez você não sabia sobre a logísticaBom dia leitores que buscam cada vez mais informações sobre os conteúdos de sistemas de armazenagem, logística e demais assuntos relacionados. Sempre que possível apresentamos para você o quanto instrutivo e benéfico pode ser uma empresa adequadamente e corretamente organizada em questão de logística. Um fator extremamente benéfico para o cotidiano de uma empresa, principalmente para aquelas que trabalham seguidamente com entregas de produtos e mercadorias para muitos locais, com diversos clientes espalhados, tanto no mercado nacional quanto no internacional.

Mas antes de aprofundarmos novamente nesse universo, hoje resolvemos listar informações sobre o setor de uma maneira bastante diferenciada. A seguir apresentamos algumas curiosidades e informações que provavelmente você não sabia sobre o universo da logística.

Em termos de História
Aqui já apresentamos um caso bastante curioso, você sabia que a história da logística está intimamente ligada às guerras?
Isso mesmo, desde o início das grandes guerras, sistemas logísticos já eram implantados, como:

  • Os persas utilizavam as carroças puxadas por bois para o transporte de suprimentos. Estas carroças tinham a capacidade de transporte de cerca de 650 kg, com uma velocidade média de 3 km/h, porém, com uma jornada de trabalho que não passava das 5 horas diárias, fato que limitava o avanço militar a 15 km por dia.
  • Os assírios introduziram os cavalos, que podiam transportar aproximadamente 120 kg, mas moviam-se, carregados, a 6 km/h, durante 8 horas, permitindo a movimentação das tropas por 48 km a cada dia.
  • O exército de Alexandre O Grande, há 2.300 anos atrás, através da introdução de importantes conceitos logísticos, movia-se 65 km por dia, o que permitiu a formação de seu império que abrangia a Grécia, a Índia e a Pérsia, percorrendo cerca de 6.500 km, a marcha mais longa da história. Graças aos seus avançados conhecimentos logísticos, o exército de 35.000 homens de Alexandre O Grande derrotou o exército de 160.000 homens de Dario, o Rei da Pérsia, em 333 a.c., na batalha de Amuq Plain.

A logística nos meios de transporte
Assim como no início dos grandes avanços do homem, como nas guerras, a história dos transportes também está diretamente ligada à logística. Como por exemplo:

  • O Emma Maersk foi o maior navio de transporte de contêineres do mundo. Com 397 metros de comprimento, ele podia abrigar 11 mil contêineres ao mesmo tempo. O nome é uma homenagem à falecida esposa do fundador da empresa. O motor Wärtsilä RT é um dos maiores do mundo: pesando 130 toneladas, ele possui 14 cilindros e é capaz de gerar mais de 110 mil HP de potência. O navio costuma fazer a rota China – Europa, lotado de eletrônicos.
  • A envergadura de 88,4 metros do Antonov AN 225 lhe garante o título de maior avião do mundo. Podendo carregar mais de 600 toneladas o “Mriya” (apelido que significa sonho), esta verdadeira obra prima da engenharia aeronáutica foi concebida para transportar a primeira nave espacial russa na década de 1980 e ainda está em uso.
  • O maior trem cargueiro do mundo, com 330 vagões, cerca de 3.500 metros de extensão e capacidade para transportar 40 mil toneladas é operado pela Vale nos estados do Maranhão e Pará. Até então, a companhia operava com comboios formados por, no máximo, 220 vagões. O objetivo do super trem é elevar a capacidade de movimentação de minério de ferro na EFC para 130 milhões de toneladas (Mt) nos próximos anos.

O trem de 330 vagões tem potência distribuída e é formado por duas locomotivas com 110 vagões, mais duas locomotivas com 220 vagões. Os testes com os trens maiores na Vale começaram em outubro de 2006. De lá para cá, todos os maquinistas e empregados envolvidos na operação dos comboios passaram por treinamento.
Para garantir a movimentação dos novos trens, a Vale também adquiriu 23 locomotivas, modelo Dash9, provenientes de um investimento de aproximadamente US$ 46 milhões. As máquinas – são fabricadas na Filadélfia, pela General Electric (GE), dos Estados Unidos.

Logística nas Organizações
Talvez este seja o ponto mais conhecido até o momento, pois sempre que o assunto logística entra em pauta, sempre se cria alguma relação mental com empresas ou organizações, como mencionado no início desta postagem, principalmente para os casos de transporte de mercadorias, no caso de entrada e saída de produtos, assim como um monitoramento total até a entrega ao cliente final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *