Como criar um sistema de armazenagem em logística

03 Armazenagem

O sistema de armazenagem é um dos mais necessários para a cadeia logística. Quando bem aplicado, o sistema de armazenamento torna o serviço mais rápido, evitando problemas que possam influenciar o processo produtivo e a distribuição dos insumos e matérias primas, regulando a utilização dos espaços e reduzindo o custo de produção para a empresa e para o consumidor final.

Desta forma, a empresa consegue maior produtividade e maior competitividade.

A logística é o grande diferencial para que a empresa tenha competitividade e possa crescer no mercado. Quando o sistema de armazenagem é feito da forma correta, a empresa consegue esse diferencial.

Para criar o melhor método para armazenar os materiais a empresa precisa fazer as adaptações necessárias, variando de acordo com suas necessidades de movimentação dos insumos e matérias primas.

Como montar um sistema de armazenagem eficiente

Um bom sistema de armazenagem é um conjunto de normas e de equipamentos que serve para arrumar os produtos acabados e as matérias de primas, seja manualmente, ou seja, utilizando os equipamentos de movimentação, com paletes ou empilhadeiras, tornando mais rápida essa movimentação para o atendimento da produção ou dos clientes. Os modelos de sistema de armazenagem devem atender às necessidades de cada empresa, devendo ser adaptados às condições exigidas pela produção.

Para estabelecer o melhor sistema de armazenamento é preciso analisar as características do produto, considerando seu peso, duas dimensões e a possibilidade de se utilizar os equipamentos dentro do espaço disponível, que também deve ser analisado segundo o pé direito da estrutura e as condições de piso. Além disso, é preciso também ter atenção às condições operacionais, como a quantidade de itens que deve ser armazenado e sua localização no espaço.

Devemos ter em vista algumas premissas básicas para o sistema de armazenagem, como por exemplo:

  • A garantia da continuidade da produção com vistas à redução dos custos de movimentação e de mão de obra;
  • A necessidade de atender as capacidades de todas as etapas de produção, buscando reduzir perdas de materiais por avarias;
  • Maior controle e organização no controle do armazenamento, com o estabelecimento de maior segurança de operação no almoxarifado ou depósito.

O sistema de armazenagem, com relação à movimentação interna no almoxarifado e na empresa, pode ser classificado como dinâmico ou como estático.

O sistema estático é aquele em que os itens estocados são guardados nas estruturas de armazenagem, não sofrendo qualquer tipo de movimentação interna, sendo utilizados diretamente no sistema de produção. Podem ser colocados em portapaletes, em estantes, em prateleiras, etc.

No sistema dinâmico, os itens armazenados exigem movimentos internos depois de recebidos pela empresa, devendo ser movimentados através de equipamentos no próprio almoxarifado, seja através dos portapaletes ou qualquer outra, atendendo as etapas do processo de produção.

Ainda podemos subclassificar o sistema de armazenagem com relação à sua própria estrutura, peso e dimensões, através de classificações de armazenagem leve e pesada.

Na armazenagem leve, os itens são armazenados em estantes ou prateleiras metálicas ou de outro material, podendo suportar pesos de cargas máximas de até 300 kgf, com cantoneiras em formato de “L”, mais adequadas para armazenamento de itens considerados leves, que podem ser movimentados manualmente. Essas prateleiras são utilizadas para almoxarifados de peças consideradas pequenas, mais leves, geralmente dispostas em conjuntos de diversos módulos, que devem ser classificados de acordo com a sua utilização, sempre com vistas a facilitar sua busca e despacho.

Para a armazenagem pesada, as estruturas devem ser mais fortes, apropriadas para suportarem cargas de maior peso, quando é necessário utilizar equipamentos como empilhadeiras, pontes rolantes ou máquinas elevatórias para sua movimentação.

Nesse tipo de armazenagem é preciso muito mais cuidado e atenção por parte dos operadores de equipamentos, já que se trata de equipamentos de maior custo, que exigem técnica e conhecimento para movimentação, exigindo também maior facilidade de acesso para possibilitar o atendimento mais rápido da produção.

Escolhendo o melhor sistema de armazenagem

A logística do sistema de armazenagem deve ser feita através de uma escolha criteriosa de materiais, buscando sempre o melhor custo / benefício para a empresa. É preciso que os profissionais responsáveis tenham conhecimento de planejamento, de movimentação, de necessidades de utilização, já que um sistema de armazenagem mal planejado não irá utilizar o espaço de forma conveniente, podendo levar a uma perda de ocupação, não somente da área do depósito ou almoxarifado, mas também de sua ocupação volumétrica.

Deve-se levar em conta a necessidade de corredores para a circulação dos equipamentos, a rapidez para a separação dos itens solicitados e maior eficiência na utilização de todos os equipamentos.

O sistema de armazenagem deve ter um projeto técnico, buscando a melhor utilização de todo o espaço, considerando toda a área e o volume de capacidade, buscando sempre otimizar seja a colocação no depósito, seja a utilização dos itens armazenados, minimizando a utilização de mão de obra e reduzindo os custos de armazenamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *