Os 8 passos da Logística

Os 8 passos da logística

Os sistemas de armazenagem são extremamente relacionados à logística, pois essa ciência trata exatamente dessa temática: o armazenamento. Muito se fala em logística nos dias atuais, mas são poucos os que realmente sabem para que ela serve e é utilizada. Para explicar melhor o conceito de logística, trazemos a definição que o Concil of Logistics Management  dá para a ciência. De acordo com o instituto é chamado de logística a atividade de planejamento, implementação, controle de fluxos e armazenamento, sejam eles de matérias-primas, produtos estocados ou finalizados. Também faz parte do processo de logística as informações obtidas desde o início até o final de todo esse procedimento anteriormente explicado.

Alguns autores têm visões diferenciadas da logísticas e dizem que o conceito trata de planejar e operar sistemas físicos, como por exemplo frotas de automóveis, aviões e caminhões, informacionais e gerenciais, como processos de controle, processamento de dados e etc.

Ballou, um dos autores mais conceituados da área, traz um conceito no qual a logística é um processo cíclico, ou seja, não tem um início e um fim estabelecidos. Para o autor, o processo logístico se dá nas seguintes etapas:

Fornecedor de matéria-prima: qualquer produto que vá ser fabricado, tem início na extração da matéria-prima, por isso, no processo logístico, essa é a primeira etapa;

Transporte: a segunda etapa é o transporte, que pode ser terrestre, marítimo ou aéreo. Obviamente, o fornecedor da matéria-prima deve se encarregar de que o conteúdo chegue até o local de origem e isso também faz parte da logística;

Armazenagem: a próxima etapa do processo logístico é a armazenagem. Geralmente as grandes indústrias possuem armazéns exclusivos para matéria-prima, já que essa é comprada quase sempre em grande quantidade;

Transporte: depois do período necessário em sistemas de armazenagem, a matéria-prima é novamente transportada, dessa vez quase sempre por transporte terrestre devido à proximidade que os galpões de armazenamento têm das fábricas;

Fábrica: nas fábricas, a matéria-prima é processada e depois de fabricado o produto, ele é novamente levado a um armazém;

Armazenagem: o produto pronto também é armazenado com sistemas de armazenagem, sendo o principal deles os porta-pallets. Nesse armazém é feita a catalogação e separação para que na etapa seguinte se realize a entrega até o destinatário final;

Transporte: Novamente o transporte entra em ação e dessa vez leva a mercadoria até os clientes;

Clientes: A etapa final desse fluxo logístico se dá na entrega do produto ao cliente, que pode ser uma loja, representantes comerciais ou até mesmo o consumidor final.

Vemos que, de acordo com Ballou, a logística tem oito etapas a cumprir, cada uma delas com uma finalidade, e por isso é tão importante ter profissionais capacitados para atuar nessa área e sistemas de armazenagem com qualidade aprovada e garantida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *