Para que serve o sistema cantilever?

Quando falamos em sistemas de armazenagem, muitas dúvidas podem aparecer e, principalmente, no que diz respeito em como proceder caso alguns problemas apareçam. Um dos grandes focos de dúvidas que podem surgir durante este processo de implantação dentro do seu centro de armazenagem é em relação a qual o tipo de estrutura que você deve implantar.

Para que serve o sistema cantilever

Para você que ainda não sabe nem por onde começar ao criar os seus centros de estoque, reunimos um grande compilado todas as principais informações no que envolve os sistemas de armazenagem.

Hoje, conversaremos um pouco mais sobre um dos produtos que fazem parte da linha da Fabrimetal: o Cantilever. Vamos explorar um pouco mais sobre este item, suas vantagens, formatos e como aplicar na sua empresa.

Estrutura e vantagens

O Cantilever é formado por um esquema de vigas que, para olhos leigos, pode lembrar braços. Normalmente é o sistema escolhido para realizar o armazenamento de alguns materiais, como perfis, tubos, madeiras, barras de ferro e demais produtos que necessitam ser estocados em grande escala, em virtude das dimensões destes materiais.

Em relação ao formato da estrutura deste equipamento, geralmente, o Cantilever é formado por uma coluna central, contando com uma base física e braços de apoio quem, diferentemente, dos porta pallets, por exemplo, não possui colunas num primeiro plano, o que possibilita o fácil manuseio dos materiais estocados.

Uma das grandes vantagens deste sistema, faz relação com a possibilidade de se adquirir uma estrutura relativamente simples, assim como uma alta resistência que, como mencionado anteriormente, é a solução ideal para quem deseja incluir em seu sistema de estoque, produtos com grandes dimensões, formatos, volumes e pesos variados.

Além disso, o sistema que conta com o Cantilever conta com uma rápida adaptação no que diz respeito ao transporte dentro dos pavilhões, como a utilização das empilhadeiras laterais e frontais.

Outra das vantagens que podem ser citadas para este tipo de sistema, tem relação aos seus limites de comprimento ilimitados, isto é, podem se adaptar ao tamanho do pavilhão da empresa, conforme a necessidade. Além disso, no processo de armazenamento, como os de tubos e barras, é possível adaptar um prolongamento com acessórios adicionais.

No que diz respeito nos níveis de sustentação das cargas, o cantilever possui em cada uma das suas colunas, braços que realizam este trabalho e auxiliam para que todo o sistema não seja comprometido devido ao grande número de volumes do material armazenamento.

O que precisa ser levado em conta na aplicação desse sistema é a distância entre as colunas. Elas precisam passar por uma análise muito minuciosa, pois é necessário verificar o peso dos materiais que serão armazenados, para evitar problemas futuros. Lembrando que, de acordo com cada fabricante, as orientações em relação à quantidade mínima e máxima em relação a pesagem dos materiais, podem sofrer variações.

Outra característica bastante vantajosa desse tipo de sistema é a vantagem de não precisarem ser fixados em paredes ou aos pilares do centro de armazenagem que forem instalados.

Por contarem com essa facilidade no transporte e locomoção dentro dos armazéns, existe a possibilidade do cantilever alterar a posição dos braços da estrutura presente nas estantes, conforme a necessidade de cada caso. Além disso, também é possível a instalação de estrados feitos em aço para dar um suporte maior aos braços, fato este que permite o armazenamento de cargas das mais variadas dimensões.

Componentes

Assim como visto anteriormente, as estruturas do cantilever, mesmo com uma composição relativamente simples, contam com componentes muito importantes para que sua sustentação e funcionamento possam ser usados com exatidão.

Por isso, mostraremos a seguir uma análise cuidados sobre os seus principais componentes:

Base: as bases que compõem o cantilever podem conter estruturas unitárias ou até mesmo duplas. Como explicado no decorrer deste post, não tem a necessidade de serem fixadas nas paredes ou pilares do armazém, porém, podem ser reguladas junto as paredes dessas estruturas que compõem os pavilhões.

Consolas: a parte que envolve os braços de sustentação do cantilever são chamadas de consolas e são formadas, na maioria das vezes, por tubos retangulares, fixados nas bases com parafusos.

Mercado

No mercado e nas indústrias em geral, o sistema de cantilever, como mencionado no decorrer desta postagem, é utilizado quando se tem a necessidade de armazenar materiais muito pesados ou de grandes dimensões, principalmente no que diz respeito às mercadorias com extensões compridas, como perfis, tábuas de madeira, tubos de plástico, bobinas pesadas, dentre outros.

Conforme visto também anteriormente, o cantilever se destaca pela sua facilidade na aplicação e armazenamento dos materiais que possuem dimensões muito variadas para ser usado em outros tipos de sistemas.

Hoje conhecemos um pouco mais sobre o sistema de cantilever. Lembrando que as informações contidas neste texto fazem referências a produtos com características semelhantes em modo geral, onde cada fabricante pode conter suas próprias particularidades. Portando, a nossa última dica é de que você realize orçamentos e verifique qual a estrutura que mais se adapta ao sue negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *