Você sabe o que é picking?

Untitled-2

Se você trabalha em indústrias que utilizam sistemas de armazenagem, certamente já ouviu falar sobre picking. Talvez não por essa nomenclatura, que em uma tradução literal do inglês para o português significa “escolhendo”. De acordo com Rodrigues (2007), consiste no recolhimento e separação de pedidos de diferentes categorias e quantidades em armazéns, de forma a satisfazer o cliente. Algumas pessoas também conhecem a prática como order picking ou separação e preparação de pedidos.

Segundo estudiosos da logística, o picking é uma atividade que divide opiniões entre os profissionais da área. Isso porque, em alguns armazéns, a mão-de-obra pode chegar a 40% do valor do processo, número considerado bastante alto para os setores contábeis das organizações. O alto preço da mão-de-obra se dá pelo fato de essa atividade exigir uma quantidade maior de trabalhadores do que em outros processos de armazenagem.

Nas indústrias que trabalham com sistemas de armazenagem, se encontram quatro modalidades diferentes dessa atividade de separação de pedidos. Faremos uma breve explicação de cada uma delas a seguir:

Picking por Onda: Nessa modalidade, cada operário da indústria é responsável pela coleta de um produto. Um determinado número de pedidos é agendado por turno e, esse agendamento, é feito de acordo com a necessidade de se entregar os produtos em um prazo de entrega;

Picking Discreto: Essa á a classificação mais simples da atividade. Nela, apenas um operário inicia e completa o recolhimento de um produto por pedido. Por ter uma única pessoa como responsável, a chance de ocorrer erros é pequena, no entanto, apresenta a desvantagem de ser um processo bastante lento e que acarreta em bastante perda de tempo;

Picking por Lote: Nesse procedimento, o operário aguarda a acumulação de determinada quantidade de pedidos e, em seguida, faz a coleta de todos os produtos necessários, fechando todos os pedidos;

Picking por Zona: Essa forma de organização é feita em armazéns divididos por zonas. Em cada zona são colocados determinados tipos de produtos.

Ao chegar uma ordem de pedido, cada operador separa todos os produtos que necessita de cada zona para o fechamento final.

Mesmo repartindo opiniões, os sistemas de armazenagem são trabalhados com picking em muitas empresas. Eles são muito úteis para diversos segmentos de indústrias que precisam separar peças ou produtos para a entrega ao consumidor final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *