Porta Pallets com Dupla Profundidade e Porta Pallets Autoportantes

Porta Pallet

Hoje iremos falar sobre dois tipos de sistemas de armazenagem muito usados nas indústrias de diversos setores: porta pallets com dupla profundidade e porta pallets autorportantes. No que diz respeito a estrutura, os porta pallets de dupla profundidade muito se assemelham aos comuns. O que torna essa categoria especial é a disposição das peças.

Geralmente as empresas usam esse tipo de sistema de armazenagem para guardar cargas com produtos da mesma categoria e que não possuem data de validade próxima do vencimento. Isso se explica pelo fato de esse tipo de sistema não permitir que uma peça colocada anteriormente seja retirada por primeiro. É necessário que sempre a primeira peça armazenada a ser retirada, seja a última que foi colocada no porta pallet. É por isso, que não se recomenda o uso desse tipo de aparelho para a estocagem de alimentos, por exemplo. Como a indústria alimentícia possui produtos com prazos de validade curtos, esses poderiam acabar estragando se deixados em porta pallet de dupla profundidade.

Para que você possa ter um entendimento maior sobre o porta pallet com dupla profundidade, explicaremos a seguir um pouco do funcionamento de sua estrutura: seu alicerce é formado por conjuntos monofrontais duplos entremeados por conjuntos bi-frontais quádruplos e pela utilização de retentores traseiros entre as estruturas. A estrutura permite uma diminuição considerável do espaço ocupado, sendo esse o principal fator que leva as indústrias a utilizarem o sistema.

É interessante que as indústrias que utilizam de porta pallets com dupla profundidade possuam empilhadeiras especiais do tipo “deepreach” com garfos pantográficos, pois esse modelo é o mais adequado para retirar os produtos desse tipo de sistema.

Outro tipo de porta pallet muito usado na indústria são os autoportantes. Eles geralmente são usados nas laterais ou coberturas de edifícios. Eles apresentam diversas vantagens como: redução de custos de armazém, grande capacidade de estocagem em função da utilização de grandes alturas e prazos de instalação menores.

O porta pallet autoportante é bastante usado na engenharia civil, em obras e edificações, por exemplo. Nessas obras, eles servem para que o mestre-de-obras tenha controle dos estoques dos materiais de construção como cimento, areia, cal, entre outros.

Percebe-se assim que os porta pallets com dupla profundidade atendem às necessidades de indústrias de diversos ramos de atuação, enquanto os autoportantes são mais focados no ramo da engenharia civil. Podemos concluir assim que os sistemas de armazenagem, hoje em dia, se dividem em diversas categorias e subcategorias e cada uma dessas atende a necessidades específicas de um determinado setor. Os sistemas de armazenagem são hoje parte importante dos sistemas de logística das organizações, por isso é importante serem fornecidos por uma empresa confiável e que garanta a qualidade dos equipamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *