Qual o melhor sistema de armazenagem?

18 Sistema de armazenagem

O sistema de armazenagem é um dos itens mais importantes da logística, devendo ser aplicado para solucionar e evitar problemas que possam influenciar, diretamente ou não, o processo produtivo e de distribuição dos produtos.

Quando o sistema de armazenagem é bem estruturado, a empresa tem possibilidades de otimizar melhor o espaço, reduzindo sensivelmente o custo dos produtos para o consumidor final, conseguindo, desta forma, melhorar sua competitividade.

Com um sistema de armazenagem adequado, a empresa pode apresentar um diferencial considerável no mercado.

São diversos os sistemas de armazenagem e não podemos considerar qual seja o melhor sem levar em consideração as características da empresa que deles se utiliza. Entre as modalidades apresentadas pela logística, podemos considerar, no entanto, diversos modelos que, quando devidamente aplicados, podem trazer grandes vantagens à empresa.

Sistema de armazenagem estático

O sistema de armazenagem estático é um modelo de armazenamento em que os produtos estocados não precisam ser movimentados internamente, sendo colocados em seus locais para utilização futura, utilizando porta paletes convencional e estanterias.

Sistema de armazenagem dinâmico

O sistema de armazenagem dinâmico é aquele em que os produtos estocados sempre precisam de movimento no interior do almoxarifado, devendo ser utilizados equipamentos para sua movimentação, podendo ser aplicado o sistema de porta paletes dinâmico.

Como deve ser montado o sistema de armazenagem

Um sistema de armazenagem geralmente é montado em aço, com estruturas para acondicionamento de produtos acabados, semiacabados ou de matéria prima, devendo ser movimentos de forma manual ou por equipamentos, como empilhadeiras e transelevadores.

Antigamente, o sistema de armazenagem se concentrava num conceito de ocupação física, concentrando-se mais na área do almoxarifado do que na tridimensionalidade do local. Assim, o espaço destinado à armazenagem era sempre implantado nos locais menos adequados, num evidente comportamento antieconômico, o que aumentava em muito os custos da logística.

A implementação de novas técnicas e a própria necessidade do mercado, contudo, trouxe a racionalização da altura do almoxarifado, tornando-se a melhor solução para redução de espaços e para armazenar a maior quantidade possível de material.

Com as novas técnicas, o conceito de verticalização de cargas busca aproveitar ao máximo os espaços verticais, reduzindo o congestionamento das áreas de  movimentação e trazendo redução nos custos de estocagem.

Fatores básicos para montar o melhor sistema de armazenagem

Para a empresa que necessita melhorar o seu sistema de armazenagem, é preciso que tenha em conta alguns fatores essenciais:

  • Analisar a necessidade de compensação das diferentes capacidades de suas fases de produção;
  • Manter a garantida de continuidade do sistema produtivo;
  • Reduzir os custos de mão de obra;
  • Reduzir as perdas de materiais pelos diferentes motivos;
  • Melhorar a organização e o controle do sistema de armazenagem;
  • Melhorar as condições de segurança e de operação do almoxarifado.

Os diversos modelos de sistema de armazenagem devem ser aplicados, assim, de acordo com a necessidade empresarial, de acordo com a área disponível e com a necessidade de movimentação dos itens armazenados, devendo ser considerada também a qualidade dos itens a serem armazenados.

Nesse sentido, podemos levar em conta a armazenagem leve e a pesada.

Sistema de armazenagem leve

No sistema de armazenagem para produtos leves são utilizadas cantoneiras metálicas, ou estanterias metálicas leves, que são montadas por colunas em formato de L, usando perfis de chapas de aço dobradas e perfuradas segundo as necessidades de utilização. São cantoneiras com posição regulável em altura, suportando cargas máximas de até 300 kg, como volumes de 0,5 cm3, devidamente distribuídos.

As estantes usadas no sistema de armazenagem leve são para armazenamento manual, não sendo necessária a utilização de equipamentos de movimentação, servindo para almoxarifados de pequenas peças. A capacidade de carga no sistema de armazenagem leve, pode variar entre 50 e 300 kg em cada estante.

Sistema de armazenagem pesada

No sistema de armazenagem pesada são utilizadas estruturas metálicas mais resistentes, com regulagem vertical dos planos de carga, tornando-as mais apropriadas para suportar cargas únicas, mais altas, cujo peso exige movimentação através de equipamentos, como empilhadeiras, transelevadores ou pontes rolantes.

A estrutura do sistema de armazenagem pesada pode variar de acordo com a seletividade exigida, mantendo maior facilidade de acesso aos tipos de carga, aproveitando melhor o espaço em altura.

Sistema de armazenagem porta paletes

No sistema de armazenagem porta paletes a aplicação é para cargas consideradas mais pesadas, normalmente em pesos superiores a 800 kg, devendo ser dimensionado e projetado de acordo com o tipo e medida do palete que será estocado, com a carga distribuída sobre a estrutura, levando em consideração a área disponível, o pé direito do local e o tipo de operação, exigindo-se equipamentos para a movimentação.

O sistema de armazenagem porta paletes é considerado pesado e estático, sendo o modelo mais utilizado por indústrias de grande porte, uma vez que apresenta excelente funcionalidade e praticidade, além de trazer menor custo por palete estocado, quando comparado a outros tipos de estrutura para o sistema de armazenagem.

A empresa deve considerar todas as características de seus produtos e matérias primas, mantendo o seu sistema de armazenagem adequado à melhor e mais rápida movimentação dos itens armazenados, garantindo confiabilidade ao sistema e melhorando o seu sistema produtivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *