Sistema de armazenagem de mercadorias

sistema-de-armazenagem

O sistema de armazenagem deve ser corretamente planejado e controlado, de forma a contribuir para que a empresa possa evitar problemas operacionais, melhorando a eficiência dos processos, sejam eles produtivos ou de comercialização.

Ao implantar um sistema de armazenagem onde possa fazer adequadamente a distribuição dos produtos ou matérias primas, é possível racionalizar o uso do espaço físico, aumentando a operacionalização e evitando desperdícios, perda de produtos perecíveis ou irregularidades na quantidade de produtos armazenados.

O sistema de armazenagem, portanto, deve ser adaptado para atender às diferentes necessidades de armazenagem de cada tipo de empresa, de acordo com seu ramo de atividade. No sistema de armazenagem são utilizados equipamentos para acondicionamento de materiais, possibilitando sua movimentação de forma manual ou através de equipamentos de movimentação, como empilhadeiras ou transelevadores.

Para cada sistema de armazenagem devem ser usados os equipamentos adequados, otimizando o armazenamento através da capacidade física do almoxarifado através de sua área e de sua altura.

Áreas para o sistema de armazenagem

As áreas para o sistema de armazenagem, dentro de novos conceitos de armazenamento, devem ser aproveitadas ao máximo, utilizando, sempre que possível, a verticalização, já que é custoso manter áreas disponíveis e, atualmente, sendo essa a melhor opção para redução de custos, utilização do espaço físico e propiciando facilidade na movimentação dos produtos armazenados.

Modelos de sistema de armazenagem

No sistema de armazenagem podemos encontrar diversos modelos para a movimentação interna de mercadorias, produtos e matérias primas. Podemos classificar o sistema de armazenagem de acordo com algumas categorias;

  • Sistema de armazenagem estático, quando os produtos estocados não sofrem grandes movimentações internas depois de seu armazenamento, utilizando, preferencialmente, estanterias leves e cantillever, nos sistemas drive-thru e drive-in.
  • Sistema de armazenagem dinâmico, em que os produtos armazenados sofrem algum tipo de movimentação interna depois de serem colocados no almoxarifado, com o uso de porta pallets nos sistemas push-back e flow-rack, entre outros.

O sistema de armazenagem também pode ser classificado de acordo com sua forma construtiva, podendo se apresentar como:

  • Sistema de armazenagem leve, constituído por cantoneiras de tipo L, com prateleiras que possam suportar no máximo 300 Kgf, destinado a armazenagem de itens leves.
  • Sistema de armazenagem pesada, constituído por estruturas mais robustas, que possibilitam suportar cargas mais elevadas, fazendo-se sua movimentação através do uso de empilhadeiras, de pontes rolantes ou de transelevadores.

Equipamentos para o sistema de armazenagem

O sistema de armazenagem, de acordo com seu tipo e modelo, utiliza diversos tipos de equipamentos para armazenar e movimentar os produtos dentro da área de almoxarifado.

O conceito de ocupação física, antes limitado à área do armazém, hoje se volta mais para o uso adequado de conciliação entre a área total e a altura do local.

Anteriormente, o espaço destinado ao sistema de armazenagem era relegado a locais menos adequados, mas, com a evolução e a necessidade, esse aproveitamento de espaço tornou-se otimizado, gerando um comportamento mais econômico e trazendo economia para as empresas.

Dessa forma, a racionalização da altura ocupada mostrou-se como solução para o sistema de armazenagem, reduzindo o espaço e aproveitando-o para maior quantidade de material. Esse conceito de verticalização de cargas tem como objeto maior aproveitar ao máximo o espaço vertical, contribuindo para descongestionar áreas de movimentação e trazendo redução de custos de armazenamento.

Podemos considerar alguns fatores básicos para determinar a necessidade do sistema de armazenagem antes de sua aplicação:

  • Necessidade de atendimento e compensação das diferentes capacidades em áreas de produção;
  • Garantia de continuidade de produção nos processos industriais;
  • Redução de custos de armazenagem e de mão de obra;
  • Redução de perdas de itens através de avarias ou de perecebilidade;
  • Melhoria na organização e no controle de armazenamento;
  • Melhoria das condições de segurança na operação dos itens armazenados.

O sistema de armazenagem, desta forma, garante a guarda provisória de qualquer tipo de mercadoria, produto ou matéria prima, seja para futura distribuição ou para aproveitamento em sistemas de produção industrial.

O sistema de armazenagem, portanto, deve usar o melhor tipo de equipamentos e produtos disponíveis, como os pallets, os containers, os bags, a sacaria ou o silo, dependendo da necessidade empresarial.

A função principal desses equipamentos no sistema de armazenagem tem como objetivo otimizar a movimentação de cargas, trazendo as vantagens competitivas para a empresa e evitando, entre outros problemas:

  • Espaços perdidos dentro do almoxarifado, aproveitando tanto a área útil quanto a altura;
  • Investimentos desnecessários na aquisição de equipamentos ou de acessórios para fixação de mercadorias e equipamentos para movimentação da unidades de carga.

Ao implantar ou buscar melhorias no sistema de armazenagem, a empresa deve criar um projeto específico para o seu tipo de atividade, buscando sempre as melhorias disponíveis no mercado e implantando sistemas que lhe tragam economia e otimização de suas atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *