Sistema de Armazenagem em Supermercados

Sistemas de Armazenagem em Supermercados

A gestão de supermercados é um assunto que chama cada vez mais a atenção de profissionais das áreas relacionadas à logística. Isso se dá pelo fato de este segmento ser hoje um dos que mais lucra e emprega no Brasil. Além disso, os mercados são importantes para as famílias e comunidades, pois são eles o local onde as pessoas adquirem seu alimentos, produtos domésticos e etc. Por esse motivo é importante que os sistemas de armazenagem em supermercados sejam corretamente administrados, pois envolvem, em sua maioria, gêneros alimentícios, que se forem mal armazenados podem estragar e causar danos à saúde das pessoas que o consumirem. Atualmente existem, inclusive, diversas faculdades e instituições de ensino que oferecem cursos para formar gestores de supermercado, tamanha a importância de um profissional desse segmento no mercado de trabalho.

Dentro de um mercado, seja ela de uma grande rede ou um mercadinho de bairro, uma das tarefas mais importantes é o armazenamento do estoque. A pessoa responsável pelo estoque pode utilizar de sistemas de armazenagem para melhorar a gestão dos produtos na realização de seu trabalho.

Para que os armazéns dos super-mercados sejam bem administrados, o responsável pelo setor deve tomar certos cuidados. Uma das principais precauções é a verificação da data de validade. Especialistas da área orientam para que só se aceite produtos cuja data de validade restante seja superior a um terço do total. Essa prática fará com que não aconteçam situações como a de um grande lote de um produto vencer antes mesmo de ir às prateleiras para que seja adquirido pelo consumidor final.

Assim, conclui-se que os profissionais responsáveis pelos sistemas de armazenagem em supermercados devem, de acordo com os especialistas, adotar em seus estabelecimentos comercias uma técnica conhecida como PEPS (Primeiro que entra, primeiro que sai), ou seja, os produtos que estão há mais tempo no armazém devem ser colocados primeiramente nas prateleiras, para que os consumidores os comprem enquanto as datas de validade ainda estiverem no prazo previsto. Isso evita que os produtos vençam ainda enquanto estiverem no estoque, o que acarretaria em grandes prejuízos para o proprietário, conforme já falando anteriormente.

Em caso de produtos que necessitam de refrigeração, o cuidado deve ser ainda maior, pois devem ser obedecidas as especificações de temperatura especificadas pelo fabricante, além de ter um cuidado ainda maior com os prazos de validade, pois geralmente esses produtos vencem num prazo menor de tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *