Tipos de paletes para armazenagem

13 palete

Um sistema de logística, para ser eficiente e atender todas as necessidades de armazenagem de produtos, matérias primas e insumos, deve contar com ferramentas e equipamentos que possam oferecer maior rapidez e mais economia.

Na busca da otimização do sistema de armazenagem, era necessário criar um equipamento que pudesse substituir o trabalho manual, além de manter os produtos adequadamente na armazenagem, preservando sua qualidade e integridade.

O melhor sistema encontrado, depois de muitos estudos e análises, foi o sistema de paletização, um tipo de embalagem que aplica o palete, ou pallet, em inglês, tornando mais prático o sistema de armazenagem e permitindo toda a rapidez necessária, dentro da economia exigida pelas empresas, oferecendo redução de custos e otimização no sistema de logística.

O palete é um estrado ou plataforma, feito em madeira, plástico ou metal, que apresenta as melhores condições para manter um sistema de logística dentro das necessidades empresariais.

A utilização do palete na armazenagem é feita nos portos, nos depósitos, almoxarifados e em locais onde os produtos são transportados e armazenados antes de chegarem ao consumidor final.

Uma das grandes vantagens da utilização dos paletes na armazenagem é o melhor aproveitamento da área de estocagem, mantendo maior organização e tornando mais rápido o trabalho de verificação e conferência da carga.

De forma geral, os paletes são produzidos em madeira, e a mais comum para sua confecção é o pinus, um tipo de madeira que contribui e preserva o meio ambiente, já que se trata de uma árvore bastante homogênea em suas propriedades, garantindo a qualidade do produto final.

Na armazenagem, o peso do palete confeccionado em pinus também contribui para não aumentar a carga total da embalagem estocada, facilitando sua movimentação e colocação nos locais de armazenamento.

O melhor palete de pinus é aquele cuja madeira é completamente seca antes da sua confecção, evitando o surgimento de rachaduras na madeira, além de não oferecer riscos de mofo nas embalagens.

O palete produzido com a madeira nas condições adequadas, quando bem conservado, possui vida útil de até 10 anos num sistema organizado de armazenagem.

Entre as vantagens apresentadas pelo palete de madeira, podemos considerar as seguintes:

  • Menor custo de produção;
  • Maior durabilidade para a armazenagem;
  • Maior resistência;
  • Fácil manutenção;
  • Produto altamente sustentável.

Outra grande vantagem na armazenagem que se utiliza de paletes é o descarte da madeira, que pode ser reaproveitada para a produção de outros tipos de embalagens ou pode servir para geração de energia em caldeiras de biomassa, substituindo combustíveis não renováveis.

O conceito de sustentabilidade também se utiliza dos paletes para criar elementos criativos, como móveis produzidos com a madeira, trazendo um novo conceito para o mobiliário.

Como aproveitar melhor os paletes na armazenagem

Para melhor aproveitamento dos paletes na armazenagem, bastam alguns cuidados:

  • Verificar as condições do piso onde serão colocados os paletes no almoxarifado;
  • Conhecer a capacidade de carga de empilhadeiras, não ultrapassando essa capacidade, adequando o garfo do equipamento às dimensões do palete;
  • Não movimentar os paletes através do arrastamento.

Principais tipos de paletes usados na armazenagem

Conheça os principais tipos de paletes utilizados na armazenagem:

1.      Paletes descartáveis, ou oneway

Os paletes descartáveis, ou oneway, são bastante utilizados na indústria, apresentando baixo peso e menor custo, sendo confeccionados em pinus e projetados de acordo com as peças que serão movimentadas. O palete descartável não é utilizado uma segunda vez.

2.      Paletes comuns

Os paletes comuns são fabricados de acordo com as dimensões exigidas pelo cliente, possuem maior resistência e capacidade de carga e apresentam melhor relação custo x benefício para a armazenagem. Podem ser utilizados mais de uma vez, chegando a durar até 10 anos quando bem preservados.

3.      Paletes PBR

O palete PBR foi introduzido no mercado na década de 1990 através da Abras – Associação Brasileira de Supermercados e por entidades que fazem parte do Comitê Permanente de Paletização (CPP), tendo a assessoria do IPT-UPS (Instituto de Pesquisas Tecnológicas da Universidade de São Paulo.

O palete PBR foi aprovado depois de vários anos de testes e ensaios, tornando-se o modelo ideal para a movimentação e a armazenagem de mercadorias no Brasil.

Com a padronização da medida, com 1 metro por 1,20, e da estrutura de construção, tornou-se um produto economicamente viável para a manutenção de estoques de paletes para venda futura.

4.      Palete plástico PBR dupla face

O palete de plástico PBR dupla face é uma alternativa na armazenagem para o palete de madeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *