Conheça os Tipos de Armazém e Suas Finalidades

Conheça os tipos de armazém e suas finalidades

A palavra armazém tem origem no termo árabe “al-mahazán”, que significa sótão. Atualmente os armazéns não têm seu significado resumido apenas a sótãos, mas sim a qualquer espaço físico onde sejam depositadas matérias-primas, produtos ainda não finalizados ou então produtos que aguardam transferência para os pontos de venda ou outros locais. É nos armazéns, que as empresas mais utilizam diversos tipos de sistema de armazenagem.

Existe uma série de tipos de armazéns e cada indústria utiliza aquele que melhor lhe convém. Citaremos rapidamente cada tipo classificação dos armazéns:

1) Armazém Próprio: Classifica-se como armazém próprio aquele que é operado pela empresa proprietária da mercadoria. É importante ressaltar que esse depósito não precisa necessariamente ser de propriedade da empresa, que pode alugar o espaço de outro proprietário. A única coisa que precisa realmente ser de propriedade da empresa é a mercadoria armazenada, conforme já dito. Exemplo: uma montadora de veículos fabrica diferentes tipos de peças e as armazena em um local onde seus funcionários utilizam de sistema de armazenagem para guardar as peças e utilizá-las posteriormente. Existem diversos modelos de sistemas para diferentes finalidades na indústria. Para isso você pode contar com a ajuda de uma empresa especializada na fabricação de sistemas de armazenagem.
Muitas empresas optam pelos armazéns próprios pela flexibilidade de ajustes, sejam eles físicos, estratégicos ou algo que envolva novas políticas da empresa. Vale ressaltar que a maior parte das grandes indústrias dos ramos metalúrgico, moveleiro e alimentício, possuem armazéns próprios;

2) Armazéns Públicos ou Terceirizados: Os armazéns públicos ou terceirizados são geralmente usados por empresas que querem diminuir os custos com armazéns próprios. Os armazéns públicos são geralmente divididos em cinco subcategorias: armazém para depósito geral: utilizado para o manuseio de qualquer tipo de mercadoria; armazém para depósito refrigerado: usado para armazenar medicamentos, alimentos e outros produtos que exijam baixa temperatura para conservação; armazém para depósito de commodities especiais: geralmente é usado para estocar grandes volumes como pneus e contêineres de roupas; armazém para depósitos alfandegados: esse tipo de armazém deve possuir uma licença do governo para funcionar, pois nele se manuseiam mercadorias que entram e saem do país antes do pagamento dos impostos exigidos por lei; e armazéns para depósitos de móveis e utensílios domésticos: como o próprio nome sugere, esse tipo de armazém é utilizado para a movimentação de grandes quantidades de móveis e utensílios domésticos;

3) Armazéns Contratados: Muitas empresas optam pela contratação de armazéns pelo fato de este mesclar vantagens do armazém próprio e do armazém público. No armazém contratado a empresa terceiriza seu sistema de armazenagem, passando toda a responsabilidade para a empresa contratada.

Independentemente do tipo de sistema de armazenagem utilizado pela empresa, todos os três tipos servem como ferramenta de apoio para os sistemas de logística da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *